Pesquisar

21 de abr de 2008

Quais são os riscos e vantagens de fazer um blog em servidores gratuitos?

Até a popularização dos Blogs, fazer sites era assunto para programadores de html, scripts, etc. Porém, a chegada dos originalmente chamados “Weblogs” e agora Blogs, trouxe consigo a possibilidade de leigos fazerem suas páginas na internet e o melhor, de graça.

De graça? Não, nada de graça existe no mundo capitalista. Os grandes servidores de blogs do mundo são remunerados seja através de cliques nos seus anúncios, seja através do tráfego trazidos por alguns blogueiros “TOP” que rentabilizando seus Blogs, transferem lucros ao servidor que assim pode hospedar milhões de outros blogs não rentáveis.

Mas, como tudo “de graça”, o blogueiro corre alguns riscos ao não decidir não pagar pelo domínio e hospedagem: no contrato dos servidores gratuitos tem a cláusula de que a qualquer momento parte ou todo o conteúdo de qualquer blog pode ser apagado, sem ônus jurídico para a empresa.

Então, o blogueiro amador pode usar no seu período de aprendizado, que pode durar anos, as facilidades dos servidores gratuitos, sabendo que mesmo que os contratos garantam a sua propriedade intelectual, ele não terá segurança plena da permanência dos seus conteúdos no site.

Para manter um site no ar, o blogueiro precisa de algumas coisas:
1 – Domínio: o endereço pelo qual o seu site poderá ser acessado. Nos servidores gratuitos o blogueiro usará o domínio do servidor, o que significa que todos os links que ele produzir ao longo da atividade do blog reverterão em favor do servidor e não dele:

2 – Hospedagem das páginas: os serviços gratuitos de hospedagem de blogs se restringem a hospedar as páginas em HTML e fornecer as ferramentas de software e templates para que o usuário monte a sua página. Porém não hospedam mais nada;
3 – Hospedagem de fotos: o blogueiro deverá buscar um servidor específico de fotos. Caso opte por um dos serviços gratuitos, terá algumas limitações dependentes de cada servidor;

4 – Hospedagem de vídeos: é outro tipo específico de servidores que hospedam exclusivamente vídeos. Há opções gratuitas como o Youtube e Google Video e pagas;
5 – Hospedagem de arquivos: qualquer arquivo executável, PDF, DOC, zipados, etc, para ser compartilhado deve ser hospedado num servidor específico de arquivos. O blogueiro que optar pelos gratuitos, deve prestar atenção nas cláusulas de restrição que os serviços free possuem, já que a maioria deles apaga um arquivo que não for acessado em X dias.

Internet, blog, arquivos, vídeos, fotos, monetização, confiabilidade, servidor gratuito

Nenhum comentário:

Postar um comentário