Pesquisar

24 de abr de 2008

O que fazer para aumentar a velocidade do computador?

No instante seguinte à invenção do computador, estava criada a praga que atormenta os usuários até hoje: a lentidão. O funcionamento do micro pode satisfazer durante algum tempo, mas novamente vem a velha queixa e parece que tudo volta à estaca zero. Os problemas de lentidão costumam ocorrer com o tempo de uso e vão ocorrer sempre, porque todo o sistema complexo precisa de constes manutenções.
Com a disponibilidade de aplicativos criados para facilitar a vida do usuário não especialista, ele mesmo pode executar as rotinas de otimização. Para que fique fácil de entender os porquês e as soluções, dividi as causas de lentidão em 5 tópicos principais.

1) Faxina no Disco
Fazer uma limpeza no disco regularmente é uma boa prática. Sempre que você surfa na Internet, adiciona muitos arquivos e elimina outros tantos. O seu computador preserva os registros dessa atividade. Muitos desses arquivos são inofensivos, mas individualmente muito pequenos. Contudo, ao longo do tempo de navegação vai aumentando sobremaneira a quantidade dos chamados arquivos de “cache”, aqueles que o sistema utiliza para gravar as páginas de internet que você freqüenta, justamente para tornar a navegação mais rápida.
Ademais, a simples atividade de execução dos aplicativos de edição de texto, planilhas, softwares gráficos, etc, vão acumulando arquivos temporários. A instalação e desinstalação de programas também são responsáveis por acumular traços de programas já mortos, porque alguns pedaços deles permanecem tomando espaço de disco.
Há no mercado um utilitário “freeware” que executa a tarefa de apagar todo o lixo gerado pelo sistema operacional o ccleaner que se for rodado a cada 15 dias manterá o seu computador livre de tralhas repensáveis por uma das razões de lentidão.

2) O disco rígido fragmentado
Essa é a mãe da lentidão no mundo da informática. Conforme já explicamos num post anterior o sistema operacional no afã de gravar os dados rapidamente, acaba espalhando-os sobre a superfície do disco, fragmentando-os e tornando lenta a sua futura leitura. Use o aplicativo Diskeeper recomendado no texto, que é o melhor do mercado, por ser a versão profissional completa do desfragmentador padrão (e simplificado) do Windows XP.
Desfragmente seu HD semanalmente, principalmente se você usa muitos programas pesados!

3) Combata os vírus, adwares, spywares e outras pragas.
Os vírus são programas oportunistas que se instalam no seu computador e lhe sugam o processamento e a paciência, e por vezes, comem os seus arquivos importantes. Escrevi um texto exclusivamente sobre as pragas “SmitFraud”.
Se você foi alguma vez infectado por vírus de computador, já experimento a frustração que eles podem causar - comportamentos estranhos, modificação da página de início, janelas que se abre subitamente, ícones desconhecidos que aparecem na área de trabalho.
Um conselho muito simples é que você fuja dos antivírus gratuitos ou antivírus pirateados. Escolha uma das ótimas suítes existentes no mercado e faça o investimento de uns 30 a 50 dólares para ter sossego por um ano de subscrição. Eu particularmente uso o Kaspersky, que é considerado pelas avaliações mundiais como um dos mais completos e nunca mais tive problemas de contaminação. Leia este texto sobre a proteção dos antivírus gratuitos e tire suas próprias conclusões.

4) Excesso de programas instalados do tipo velhos & inúteis.
Se você é daqueles usuários que costuma instalar 10 leitores de DVD, 20 leitores de email, vários browsers, discadores, inúmeros sharewares que vêm em revistas, todos os codecs de vídeo que você encontra e todas aquelas fontes True Type bonitinhas; saiba que é a fórmula mágica para atirar na lona o desempenho do computador. Procure selecionar o que você realmente necessita, desinstalando todo o resto.
Muitos destes programas, mesmo que não estejam sendo executados, carregam processos já durante a inicialização e ficam tomando memória e tempo de processador.
Manter o computador limpo significa também deixar nele só o que é usado.

5) Verifique a velocidade da sua Internet.
Se você usa conexão discada, verifique a velocidade da sua internet checando a velocidade dos seus downloads. Caso ela fique nuns 3 a 4 kbps, provavelmente você tem problemas de fiação de telefone na sua casa, excesso de ruído na linha, etc. Faça uma varredura para detectar problemas da sua rede interna. Tente trazer um par de fios telefônicos dedicado até o seu computador e elimine as tomadas oxidadas e frouxas e os terminais desnecessários. O cabo de quem o seu computador se vale para fazer a conexão não pode ter emendas, desde o início da sua rede interna.
Para quem tem Banda Larga por ADSL, os mesmos conselhos são válidos. A velocidade de download e upload pode ser verificada diretamente no programa do modem, para o usuário se certificar de que a velocidade com que ele está usufruindo confere com aquela que ele está pagando ao provedor de ADSL.

Hardware, desfragmentação, vírus, adware, spyware, ADSL, computador lento, limpeza de disco, HD

2 comentários:

  1. gostei bastante co m a dicas

    ResponderExcluir
  2. mano MUITO OBRIGADO PELA DICA E ESTOU COLOCANDO ISSO EM PRATICA VLW

    ResponderExcluir