Pesquisar

8 de mai de 2008

Primeiras impressões sobre a esteira Embreex 1052 ST?

Chegou a minha nova esteira eletrônica Embreex CRW 1052 ST da linha Semi Profissional e posso dizer que atendeu inteiramente as minhas espectativas. O meu passado me condena: fui usuário durante anos de uma esteira mecânica Athletic, em que eventualmente conseguia andar 30 minutos. A minha esposa começou agüentando 20min, passou para 15, depois caiu para 5 e abandonou aquele dispositivo mecânico de tortura medieval.

Como quem não quer o mal para si não deveria desejá-lo para os outros, não doei a minha velha esteira mecânica a um futuro infeliz. Outrossim, resolvi desmontá-la e serrá-la para ter certeza que nunca outro ser humano comprometeria nela seus dourados sonhos de fitness. Mas havia algo que a velha esteira mecânica nos dava que não
queríamos perder de jeito nenhum: o silêncio.

Na minha pesquisa nas lojas específicas e nas de departamentos, detectei que as esteiras eletrônicas básicas eram excessivamente barulhentas e vibradoras, além disso careciam de sistema amortecimento. Então elaborei as minhas prioridades determinantes na escolha da Embreex, ainda mais porque o vendedor jurou que ela tinha um nível de ruído inferior aos modelos da marca Movement, além do atrativo de preço menor. Para se ter um padrão de comparação, ela custou apenas R$ 400,00 a mais do que a esteira residencial Master da Movement, apesar de pertencerem a categorias diferentes.

Não foi papo de vendedor, a 1052 ST atendeu às minhas seguintes expectativas:

Prós:
- Silenciosa. Andando a 5km/h, o nível de ruído é tão confortável que posso ouvir perfeitamente o som da televisão a uns 6m de distância. Além do mais, mesmo na velocidade máxima de 12km/h o motor não transmite nenhuma vibração ao chassis da esteira. Infelizmente os fabricantes de esteiras teimam em não colocar a informação de ruído medida em decibéis na lista de características das suas esteiras, o que facilitaria a vida dos usuários viciados em silêncio.

- Lona larga de 40cm. As esteiras da linha puramente residencial têm a lona estreita com pouco mais de 30cm de largura. Este modelo tem o conforto da largura aliado ao comprimento de 1,17m, que suporta confortavelmente uma corrida.

- Monitoramento de freqüência cardíaca por Had Gripe Pulse, ou seja, não é aquele desconfortável prendedor de orelha. Basta você colocar a duas mãos nos sensores da barra frontal, para que o mostrador mostre os seus batimentos cardíacos com uma precisão muito superior ao sensor de lóbulo de orelha.

- É dobrável. Ao contrário das esteiras profissionais, este modelo é facilmente transportável.
- Suporta até 120kg – se você receber em casa o seu amigo “parrudão”, ele vai conseguir dar uma experimentada, já que o motor de corrente alternada de 1.0 CV vai conseguir dar conta do recado.

- É resistente. Tem um quadro de ferro bastante robusto e firme constituindo um robusto conjunto pesando 62kg. Pense nisso na hora de transportá-la.

Contras:
O principal defeito fica por conta da inexistência do dispositivo de segurança que desliga automaticamente o motor em situação de queda.
O controle de velocidade do motor não é feito diretamente no painel e sim através de uma tosca chave do tipo liga/desliga.
O outro defeito é que neste modelo, por ser muito próximo da linha residencial, carece de um sistema de lubrificação por orifício, que deve ser feito com a tradicional bisnaga levantando-se as bordas da lona.

Nota:
Nas lojas e no prospecto da Embreex, o modelo em questão se chama 552 ST. Eles devem ter mudado porque o modelo que chegou, apesar de ser o mesmo de acordo com as fotos, tem o código de catálogo CRW 1052 categorizado na capa do manual como esteira profissional.

Referência: http://blogpaedia.blogspot.com/2008/04/o-que-devo-saber-antes-de-comprar-uma.html

Esteira, Embreex, Athletic, Moviment, fitness, exercício, motor CA, esteira eletrônica, esteira mecânica, 552 ST, 1052 ST

Nenhum comentário:

Postar um comentário