Pesquisar

29 de jul de 2008

Por que o Yahoo traz tão poucos acessos?

Não querendo glosar o hype do momento, a NERD ex-funcionária do Google que bancou seu próprio buscador, chamando-o pelo curioso nome de Cuil, preocupo-me com o desempenho do buscador do Yahoo, que é incrivelmente fraco para um site incrivelmente mais velho do que o Google.

Fato nº 1.
Cada vez que vou ao Google Analytics fico encafifado. Nas origens do tipo “organic” (links oriundos de buscadores) a diferença entre o Google e o Yahoo é alarmante, o número de acessos que o Yahoo me trás não passa de 2% daqueles trazidos pelo Google.

Fato nº 2.
Não é só aqui na terra das bananeiras que se registram disparidades tão grandes, um blog gringo postou algo que cai como uma luva no que estou dizendo sob o título “My Top 10 Traffic Sources”. O Google/Organic gerou para o blog dele em maio-2008 42,89 % dos acessos, enquanto o Yahoo/Organic lhe trouxe miseráveis 2,05 %, quase empatados com os 1,87 % mandados pelo Twiter. Um cara poderoso como o gringo com 52.538 de assinantes dos seus feeds, apresenta resultados muito parecidos com os meus. Muito intrigante!

Fato nº 3.
Só de sacanagem coloquei na procura tanto do Google, como do Yahoo o seguinte verbete “blogpaedia”. O Google retornou 5.800 links contra 895 do Yahoo. Falta vontade ao Yahoo?

Fato nº 4.
Teste de rancores. Lancei no Google a pesquisa de links para o xodó do momento, digitando o comando "link:http://cuil.com" e o magoado Google não retornou retornou mais de 54 links.
O Yahoo neste caso fui muito mais eficiente, com seu Yahoo Explorer retornando 255 links. Será que o Jerry Yang, fundador do Yahoo também está acreditando num possível surgimento de algo que rivalize o império Google?

Fato nº 5.
Desde o tempo em que o Google nascia dentro dos muros da Universidade de Stanford, o Yahoo já era sinônimo de buscador enxuto e conciso. Atualmente a tradição que continua pode ser interpretada como pobreza e miserabilidade, já que diante de resultados paupérrimos, o internauta volta a cair nos fortes braços googleanos.
E pensar que o Jerry Yang recusou a oferta de 44,6 bilhões de dólares da Microsoft! Só a história dirá se não foi a maior burrada da história capitalista.

Se algum blogueiro tiver resultados diferentes dos meus, que os apresente e dê seguimento ao meme, me convencendo de que o Yahoo não é o fantasma que aparenta ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário